Harry Potter e a Criança Amaldiçoada - Resenha (SEM SPOILERS)





      Ontem, 31 de outubro foi um dos dias mais aguardados do ano por mim, contava as horas enlouquecidamente para finalmente ter a 8º história de Harry Potter nas minhas mãos, e quando finalmente aconteceu, devorei as páginas ontem mesmo e vim compartilhar com vocês as minhas impressões acerca do livro.
        Quem já leu Pluft, O Fantasminha já está familiarizado com a estética da escrita de uma peça de teatro, The Cursed Child segue o mesmo padrão, mas ainda assim confesso ter estranho um pouco.
      Na leitura das primeiras páginas corri para descobrir quem era a tradutora, após anos de Lia Wyler seria impossível não estranhar a diferença abismal entre as formas de se expressar no papel, senti em alguns trechos uma forçação de barra (não sei se realmente houve pois ainda não li na versão original e tenho consciência que há perdas na tradução que não dependem do profissional que está por trás) mas pode ter se tratado apenas de uma impressão. 
      Achei o tema abordado bem interessante, a maneira como a história se desenrola também, mas fiquei um pouco incomodada com alguns diálogos, perdi as contas de quantas vezes pensei "é sério mesmo??" sem falar que algumas falas não tinham conclusão, não se tratava de abruptas interrupções, simplesmente o personagem falava e eu ficava na expectativa que ele retomasse o que estava falando, ou que concluísse o raciocínio no decorrer da conversa.
      Trechos de livros anteriores foram incorporados à história, e mesmo eles pareciam não ter o mesmo tom, e acho que o livro falhou aí. Foi como se tivessem escrito um pré-projeto de roteiro para a peça e este mesmo pré-projeto antes das revisões e alterações tivesse sido encadernado e colocado nas prateleiras para venda. 
        Durante a espera me disciplinei a ficar longe de todos os spoilers, resenhas da peça e do livro para não ser influenciada por ninguém e ter a surpresa preservada, mas ela não veio, não tive grandes surpresas, o aproveitamento do Ron (meu personagem favorito junto com a Luna e com o Dobby) foi bem medíocre, assim como algumas falas utilizadas para as grandes revelações, ainda em relação aos personagens ao meu ver o Scórpio Malfoy foi a grande revelação, realmente me cativou.
      Não gostei do livro? Não diria isso, mas acho que criei expectativas demais que não foram alcançadas. Acho que faltou um pouco de conexão entre as cenas o que consequentemente gerou cortes e pequenos buracos no livro. 
        Agora sinto necessidade de ler a história em inglês e assistir a peça, talvez dessa forma consiga o sentimento de plenitude que estive buscando.
   
Classificação para HARRY POTTER E A CRIANÇA AMALDIÇOADA: 6,0 


Leu, ou assistiu a peça? Me conta o que achou!!
Uma coisinha importante aqui antes de você ir embora. Nunca, jamais, em hipótese alguma deixe de ler, assistir ou fazer o que for por causa da opinião de alguém, lembre-se que somos pessoas diferentes (ainda bem!) e como tais pensamos e temos percepções adversas sobre qualquer coisa. Ouviu? Pois bem! Agora pode deixar aqui aquele seu comentário que eu tanto prezo e nos vemos no próximo post! Bjbj!!










3 comentários :

  1. Testando o novo formato de comentários :)

    ResponderExcluir
  2. Poxa.. É uma pena quando o livro não supera nossas expectativas, não é? E quando se trata de uma obra estrangeira fica a dúvida se a "falha" está na obra em si ou na tradução, revisão.. Sinto que a Rocco talvez não tenha feito um trabalho bem feito por já ter a certeza do sucesso e das vendas do livro. Apesar de a tradutora ser diferente, já ouvi queixas da tradução dos demais volumes da série.
    Bjinhos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que você tem toda razão! O livro já tinha batido recorde de vendas ainda na pré-venda, não tinha nem capa definida ainda, a Rocco realmente pode não ter se empenhado por já ter garantia de sucesso de vendas.
      A tradutora anterior me incomodou demais nas traduções desnecessárias dos nomes, principalmente dos personagens, agora em outros aspectos ela conseguiu fazer um trabalho incrível! Traduzir um livro repleto de palavras criadas especificamente para ele deve ser trabalhoso.
      Amei te ver aqui no blog!!
      Bjs e volte sempre 😘😘

      Excluir